Nova pagina 2

 

 
Nova pagina 2

Principal   

Quem somos   

Últimas notícias   

Eventos   

Notícias da Saúde   

Artigos da Saúde   

Notícias da Enfermagem   

Vestibulares   

Instituições de Ensino   

Cursos e capacitações   

Concursos em Destaque   

Calculadoras   

Links Interessantes   

Terminologias   

Pesquisas e Estudos   

Biblioteca Virtual   

Enfermagem   

Biológicas e da Saúde   

Pós-Graduação   

Idiomas   

Áreas de Atuação   

Conselhos   

Enfer. em Saúde Pública   

Enfermagem do Trabalho   

Artigos   

Monografias   

Teses e Dissertações   

Leis,   
Decretos e Resoluções   

Código de Ética   

 
Nova pagina 2
   | 1 enfermeiros on-line

Concursos!  

  Áreas de Atuação
Profissionais atuam com mais freqüência na área de gestão

Por Augusto Morais

Engana-se quem pensa que o perfil do enfermeiro ainda se baseia apenas nas questões técnicas e assistenciais. Hoje, visando acompanhar a tendência do mercado, esse profissional é mais completo. De acordo com a sócia-gerente da Saúde Nossa Consultoria e Treinamento, Andréa Marques, as qualificações exigidas para a profissão mudaram ao longo dos anos. Agora é necessário que se tenha também um amplo conhecimento em administração, gerência e marketing. A Saúde Nossa desenvolve um trabalho considerado pioneiro no Rio de Janeiro. A consultoria é responsável pela gestão terceirizada do serviço de enfermagem em hospitais. Segundo Andréa, a enfermagem é uma profissão com grandes perspectivas, e que cresce a cada dia. Com isso, aumenta também a necessidade de qualificação para exercer a função. "Cada um deve procurar se aperfeiçoar. Isso é um grande diferencial na disputa pelo mercado", diz.

Andréa revela que o enfermeiro deixou de exercer apenas o serviço assistencial e técnico, e passou a atuar também no planejamento estratégico, visando atingir planos e metas, além de manter bons indicadores de qualidade. "Hoje esse profissional já se incumbe inclusive da padronização de materiais e medicamentos, além da auditoria de contas, ouvidoria e hotelaria. Muitos profissionais de enfermagem participam do poder decisório do hospital em que trabalham. A autonomia do enfermeiro está se desenvolvendo", explica.

Aparando arestas

Andréa Marques definiu os hospitais como locais de muita complexidade, incluindo as relações interpessoais. Por isso, segundo ela, problemas continuam existindo no dia-a-dia das instituições de saúde. A enfermeira afirma ser difícil encontrar profissionais de qualidade, principalmente quando se trata de nível médio (auxiliares e técnicos). No entanto, Andréa não descarta o problema também no nível superior. "Encontramos uma grande dificuldade na seleção, captação e manutenção das equipes", enfatiza.

Além da formação profissional, a enfermeira aponta também como problemas o acúmulo de empregos, o relacionamento com os planos de saúde e a rotina de trabalho. "Os baixo salários geram o acúmulo de emprego. E isso faz com que o funcionário não consiga ter um bom rendimento em sua atividade", diz.

O não entendimento, por parte de alguns profissionais de enfermagem, de que os hospitais são também empresas em busca de lucro é igualmente apontado por Andréa como obstáculo. "Ainda há um grande desperdício de material. E isso provoca gastos desnecessários", avalia.

Gestão de enfermagem x direção médica

Segundo a gerente da Saúde Nossa, a relação médico-enfermeiro melhorou substancialmente. Andréa Marques acredita que o fato se deve à formação da equipe multidisciplinar, na qual vários outros profissionais passaram a trabalhar juntamente com médicos e enfermeiros. "As direções médicas se encontram abertas ao diálogo e à troca de opiniões. Em breve, a fase de a enfermagem só cumprir ordens não será uma realidade na maioria das instituições. Poderemos então compartilhar erros e acertos", revela.

Fonte: hospitalgeral.com



 Este conteúdo foi visitado 9651 vezes.  

<< Voltar para a página anterior...
Livros - Submarino.com.br
Nova pagina 2

Nova pagina 2
 
 
 


Acompanhe nosso RRS

 

 

 
Nova pagina 2